X WÄLS

x wals 1a

Talvez um dos maiores desafios dos microcervejeiros brasileiros seja criar uma cerveja, no caso geralmente uma pilsen (ou estilos próximos, como a munich helles lager e a american lager), que tenha ao mesmo tempo qualidade, apelo comercial junto ao público cervejófilo e real potencial de mercado, ou seja, que seja uma cerveja que não assuste mas que também atraia os neófitos ainda acostumados às produções das macrocervejarias.

A Wäls, microcervejaria mineira já conhecida por suas produções especialíssimas como a Wäls Dubbel, Tripel e Bohemian Pilsen, agora está lançando uma cerveja lager suave, leve, de apenas 4% de teor alcoólico, mas com muita personalidade. E o que impressiona na X Wäls é justamente tanta personalidade numa cerveja concebida para ser “light”.

Ao ser colocada no copo, antes mesmo que se possa avaliar com maior atenção a cor dourada clara e a espuma abundante, densa e persistente, o que fica evidente são os aromas de lúpulo, deliciosamente cítricos e florais. Quem conhece as cervejas da Wäls sabe do apreço que eles têm por uma lupulagem destacada, diferenciada, mas o que não podia se esperar era uma lupulagem tão presente numa cerveja tão leve, e ainda assim em equilíbrio com o resto do conjunto. Graças ao processo de dry-hopping, o frescor do lúpulo impressiona. Mas não é somente ele que chama a atenção: os sabores de pão e biscoito do malte fazem um casamento perfeito com o frescor do lúpulo, dando equilíbrio ao conjunto. E, o que é mais interessante: no final, é uma cerveja leve, de baixo corpo, refrescante, de altíssima drinkability (fico imaginando ela na versão chope, é uma cerveja que qualquer um beberia vários litros sem fazer a mínima força…) e cujos sabores – extremamente agradáveis, pois se tratam dos sabores de malte e lúpulo, e não aqueles off flavors e aquela acidez horrorosa típicas “daquelas cervejas” – persistem na boca agradavelmente até o próximo gole.

Em resumo: é com muita satisfação que posso dizer a Wäls conseguiu o que parecia impossível – fazer uma cerveja leve, de altíssima drinkability, sem abrir mão dos aromas e sabores do malte e, principalmente, do lúpulo, da qualidade e do potencial para arrebatar mais e mais consumidores, sejam eles neófitos, beerevangelizados, como diz o querido amigo Maurício, do Brejas, ou especialistas e degustadores de longa data.

Parabéns Wäls, por mais uma grande cerveja! Pão e cerveja para vocês!

Ouvindo: Rush – Limelight

4 Respostas para “X WÄLS

  1. José Felipe Carneiro

    Rodrigo, parabéns mais uma vez! Suas análises e conclusões são sempre colocadas de uma maneira bem inteligente, divertida e sincera. Abraços, José Felipe Carneiro

    ObS: Aguarde mais 2 semanas e terá a Quadruppel em mãos!

  2. Zé, obrigado pelos elogios! E parabéns a vocês, por mais essa brilhante cerveja! Aguardo ansiosamente a Quadrupel, eu, a costela e os chocolates amargos!🙂
    Grande abraço e Pão e Cerveja!

  3. Olá Rodrigão,

    Gostei da notícia e do post. Deu vontade até mesmo de tomar novamente mais uma X-Wals para ver se ficou ainda melhor que aquela da versão de teste.

    Agora, gostei mais ainda da notícia da Quadrupel. Ô Zé, guarda uma para mim aí. Se a Dubbel e a Trippel são maravilhosas imagino como vai ficar essa Quadrupel!

    Abração.

  4. Xará, o produto acabado está sensacional. É cerveja para se tomar em canecões de 1 litro, com gosto. Quanto à quadrupel, posso ficar como fiel depositário da sua garrafa, mas vou colocar prazo para vc vir buscá-la! Hehehehe… abração meu velho!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s