LEFFE BLOND, ST-FEUILLIEN BLONDE E MAREDSOUS 6

Este post é sobre um estilo absolutamente delicioso: as blondes belgas. Cervejas de alta fermentação que guardam semelhanças com as tripels e belgian strong golden ales, são cervejas versáteis, que oferecem as características sedutoras da escola belga sem assustar muito aqueles que não estão acostumados com cervejas muito alcoólicas, fenólicas ou ácidas. Uma blonde autêntica apresenta aromas frutados e complexos, dulçor suave de malte, final seco, lupulagem e sensação alcoólica sutis e espuma densa e abundante. Não levam nas receitas os temperos usados nas tripels (cascas de laranja, sementes de coentro, etc), mas a atuação do fermento faz com que muitas vezes esses ingredientes pareçam ser utilizados.

Aqui, três representantes desse estilo tão satisfatório para quem gosta de beber cervejas belgas com maior frequência do que os estilos mais fortes (e caros) permitem.

leffe-blond-1a

A Leffe Blond é a blonde mais famosa e consumida no mundo. Possui algumas características mais comerciais (é filtrada, por exemplo), mas ainda possui um perfil interessante: cor dourado bem escuro, translúcido, aromas  bem adocicados de malte, mel, canela, especiarias e frutas. O sabor é um equilíbrio entre o dulçor inicial, a lupulagem perceptível e o final seco.  O  álcool (6,6%) é discreto. É uma  boa dose belga para o dia-a-dia.

maredsous-6a

A Maredsous 6 apresentou uma cor mais escura do que o normal, acobreada, turva, e espuma densa, abundante e persistente. No aroma, se destacaram o malte, especiarias, fermento, coentro e um certo picante, lembrando gengibre. O sabor é de malte, especiarias, a lupulagem é suave, equilibrada, e acidez e álcool são perceptíveis, apesar de ter apenas 6% de teor alcoólico.

st-feuillien-blonde-1a

A St-Feuillien Blonde é uma blonde muito próxima das tripels. A cor é um dourado claro, turvo, e a espuma é muito abundante, densa e persistente. Os aromas são de laranja curaçao, sementes de coentro, lembrando witbiers; e álcool, e o sabor revela malte, especiarias, acidez, frutados e uma lupulagem interessante, tudo muito equilibrado e saboroso. A carbonatação é intensa, perceptível ainda no exame visual, logo quando é servida. O efeito do fermento nessa cerveja é muito forte, o que, aliado ao teor alcoólico de 7,5%, a aproxima ainda mais das tripels. É minha favorita das três, uma cerveja de muito respeito.

Ouvindo: INXS – Suicide Blonde

P.S: Amanhã, quinta-feira, tem Curso de Cerveja no Frei Tuck, ministrado por este que vos fala. Quem for de Belo Horizonte, não perca a oportunidade! Abraços e §11!

2 Respostas para “LEFFE BLOND, ST-FEUILLIEN BLONDE E MAREDSOUS 6

  1. Olá Rodrigo,

    Muito boa esta comparação dentro do mesmo estilo. Por aqui eu tenho as duas primeiras, mas as St Feuillien, tanto a blond quanto as outras (que devem ser mais gostosas ainda) não consegui comprar nem mesmo pela internet. Só é possível comprá-las com o Xavier mesmo?

    Grande abraço.

  2. Xará, parece que sim. Ou dele ou de quem compra dele. A oferta de belgas ainda é restrita por aqui (assim como a de inglesas… americanas então nem se fala…). Abraços!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s