OS MELHORES BARES CERVEJEIROS DE BH

Olá pessoal,

Há muito tempo eu estava para elaborar esse post, e por dois principais motivos: centralizar informações sobre os bares de Belo Horizonte que têm carta de cervejas de qualidade para rápida e fácil pesquisa e também para acrescentar informações extras e impressões pessoais sobre cada um deles. É bom dizer que essa lista, para nossa satisfação, está se ampliando a cada dia e, muito em breve, posso aparecer com mais posts a respeito. Mas vamos aos principais templos belorizontinos para os degustadores do santo líquido:

1 – Frei Tuck Slow Beer

O Frei Tuck foi inaugurado em 2006 já como uma casa totalmente voltada para a cultura cervejeira. Extremamente bem localizado (no pé do tobogã da Contorno, próximo ao lendário Stadt Jever), no coração da Savassi, tem ares de pub, intimista, graças às suas mesas e materiais de demolição e a iluminação dosada. Possui uma extensa e criteriosa carta de cervejas, constantemente atualizada pelo dono, Luiz Flávio.

O Frei Tuck é o lugar onde acontecem cursos de cerveja, como os que eu ministro e cursos de homebrewing , ministrado pelo Danilo Mendes, da ACervA Mineira, e também encontros e eventos da Confraria da Cerveja de BH e do BH Rugby, time de rugby de BH (a comemoração do St. Patrick’s Day já é tradicional).  Em suma: é o QG de todos confrades e homebrewers da cidade. Conta ainda com telão com jogos do Brasileirão e um cardápio de acepipes inspirado, com destaque para o filé ao molho de chocolate picante e o crepe de sorvete.

2 – Haus München

Era um restaurante alemão tradicional num bairro de classe média alta que foi revitalizado, e que hoje conta  com um ambiente agradável e sofisticado, extensa e variada carta de cervejas, aliada a pratos diversificados (alemães e internacionais) e um serviço muito bom. Recebe as celebridades de passagem pela capital e também promove eventos cervejeiros, como o St. Patrick’s Day, a Oktoberfest, cursos e degustações como a que comandamos pela ACervA Mineira. Lota às sextas-feiras.

3 – Café Viena

Localizado perto da região dos hospitais, em uma esquina angulosa da Contorno, o café/bar/restaurante tem inspiração austríaca, por causa da ascendência da proprietária, Ingrid. Possui dois andares, onde o térreo conta com mesas na calçada e também internas, e um segundo andar mais reservado. Afirma ter a maior carta de cervejas da América Latina, fruto da adição incansável de praticamente todas as cervejas que já apareceram em terras belorizontinas, e tem também como especialidades carnes nobres, muito bem preparadas pelo proprietário Wellerson, e sorvetes deliciosos, feitos pela própria Ingrid.

4 – O Bar

Espécie de “filial” d’A Obra (o nosso CBGB’s), O Bar também conta com uma localização muito interessante e agradável, na Rua Cláudio Manoel, quase na Praça ABC. A decoração, como não poderia deixar de ser, é repleta de capas de discos de rock e remete ao universo ska/two tone. É freqüentado não só pelo público d’A Obra, mas também pelo público em geral, e possui cardápio bastante didático, inclusive com sugestões de harmonização para cada cerveja à venda. Tira-gostos simples, criativos, baratos e eficientes, e um astral bem alto, principalmente quando o dono, Claudão Pilha, está presente.

5 – Mundaka Adventure Bar

O Mundaka é um dos bares para quem quer beber cerveja de primeira sem abrir mão do agito. De temática que remete aos esportes radicais, é o típico bar que funciona quase como boate. Fica no centro do agito de BH, enche, com a moçada se espalhando em pé por toda a área do bar. Nos fundos tem um agradável quintal com telão de esportes radicais e sinuca, e cervejas que vão da Heineken e Therezópolis até a La Trappe Quadrupel. Pra quem não quer apenas ficar sentado tomando umas.

6 – Graças a Deus

O Graças a Deus é outro bar onde o agito come solto (fila na porta é tradicional) mas que também oferece uma carta de cervejas diferenciada. Conta com três ambientes, e rola de tudo: DJ, shows, festas e por aí vai. Balada com cerveja boa.

Muitos bares e restaurantes estão colocando, aos poucos, cervejas e chopes especiais em seus cardápios, sintoma do crescimento da cerveja de qualidade na cultura da cidade. Em breve atualizo esta lista. Vale  a pena conferir todos eles.

Endereços:

Frei Tuck Slow Beer – Av. do Contorno, 5757 – Carmo Sion

Haus München – Rua Juiz de Fora, 1257 – Sto Agostinho

Café Viena – Av. do Contorno, 3968 – Sta Efigênia

O Bar – Rua Cláudio Manoel, 296 – Savassi

Mundaka – Rua Pium-I, 787 – Anchieta

Graças a Deus – Rua Padre Odorico, 68 – São Pedro

Ouvindo: Marillion – Holloway Girl

–  Créditos foto Café Viena: Leopoldo Rezende

Atenção: Este post foi escrito em 2008. Para uma versão atualizada deste, escrita em 2011, clique aqui: https://beerarchitecture.wordpress.com/2011/05/02/os-melhores-bares-cervejeiros-de-bh-atualizacao/

8 Respostas para “OS MELHORES BARES CERVEJEIROS DE BH

  1. O Café Viena é sensacional! Meu restaurante favorito em BH! Recomendo o “petisco do chef”, uma delícia.

  2. Marco Rodrigues do Araujo

    Adorei a relação dos bares. Quando for `BH com tempo ,vou visitar alguns. Foi ótimo.

  3. Não recomendo OBAR. Apesar de ter tudo isso que foi relatado acima, OBAR deixa a desejar quando o assunto é cordialidade e respeito aos fregueses. Não fui bem atendida e não pretendo voltar

  4. Daniel, definitivamente o Café Viena é um lugar para se comer bem (e fartamente). As carnes, sobretudo o javali, são excelentes, assim como os pratos alemães, as sobremesas e os sorvetes, feitos pela própria dona. Isso tudo aliado às cervejas, fica perfeito.
    Marco, quando vier a BH, avise, posso passar mais dicas!
    Adriana, a questão do serviço nos bares aqui em BH é extremamente delicada. Basicamente posso dizer que, em um ou outro momento, já fui mal atendido em 99% dos bares que já fui. Acho que o público belorizontino não é tão exigente quanto o paulistano, por exemplo, com relação ao serviço. Poucas casas se destacam nesse quesito. Entretanto, acho que ser bem atendido em bares é, geralmente, questão de sorte. Vai ter um dia em que você não terá muita sorte e receberá um atendimento ruim, o que não quer dizer que o atendimento da casa em questão o seja em sua totalidade. Você ser mal atendido uma vez ou outra é “normal”. Agora, quando o atendimento ruim passa a ser uma constante, aí sim tem algo errado com o estabelecimento… é isso aí! Abraços!

  5. o Cafe Viena e o lugar com 570 tipos de cerveja que maravilha de lugar supreendi com o segundo piso todo estilo austriaco e com os petisco que foram servidos na festa da empresa o leitao de leite e divino paraben recomendo 21 11 2010

  6. Pingback: EXCLUSIVO: 101 coisas para fazer no Brasil! | HostelBookers (PT) Blog

  7. Prezado Mestre Rodrigo,
    Um local muito legal, com um bom cardápio de brejas, associado a um preço bastante razoável é o ARTESANATO DA CERVEJA, localizado no Shopping Woods, no Bairro Luxemburgo.
    Além das maravilhosas brejas, os anfitriões Pablo e Marco Antônio são sempre figuras muito disponíveis para papear sobre cultura cervejeira.

    Abraços,

    Oswaldo Dutra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s